Arquivo do Autor: Mundo Fashion

Saiba a ordem certa na hora de se maquiar

É base, primer, protetor solar, pó, iluminador… ufa!

O mercado de beleza sempre apresenta alguma novidade para as mulheres, mas e na hora de usar todos os produtos? É base, primer, protetor solar, pó, iluminador… ufa! Diante de tantas etapas, sempre fica a dúvida: o corretivo é antes ou depois da base? Como usar o protetor solar se eu preciso me maquiar? 

Há uma ordem recomendada para o uso de cada cosmético, e isso faz toda a diferença no resultado final da produção. Confira:

Lavar e tonificar: é necessário limpar bem a pele com um sabonete neutro ou o mais indicado para o seu tipo de pele (consulte um dermatologista, em caso de dúvidas). Já o tonificante age retirando os resíduos que ficam após a lavagem e prepara a pele para absorver melhor os produtos que virão a seguir.

Creme para acne: se você usa esse tipo de produto, o momento para usá-lo é agora, pois ele será melhor absorvido.

Protetor solar: na ordem dos cremes, o protetor solar deve ser o último a ser aplicado no rosto antes de começar a maquiagem. Se você começar com o protetor solar, ele vai impedir que sua pele absorva todos os outros (creme para acne, hidratante…).

Protetor-Solar-é-importante-mesmo-em-dias-nublados.jpg (1500×1000)

Primer: após aplicar o protetor solar, vamos para o primer, que ajuda a firmar a base por mais tempo na pele.

Base e corretivo: nessa ordem, pois a base vai uniformizar a pele, já escondendo os defeitos mais sutis. Em seguida, o corretivo é aplicado para disfarçar o que a base não conseguiu cobrir. Atenção: só passe o corretivo antes se for para esconder uma marca que a base não esconderá, caso contrário, a camada pode ficar muito grossa e craquelada (com aquele aspecto quebradiço).

Pó compacto, em seguida, o blush: o pó vai dar uma “selada”, deixando a pele melhor acabada. Use o blush para destacar a região das maçãs do rosto, mas cuidado para não deixar com aquela aparência de “chinelada na cara”.

Sombra, delineador e depois rímel: o rímel deixa os cílios maiores e mais volumosos. Dessa maneira, eles se tornam um obstáculo na hora de passar a sombra e, principalmente, o delineador.

 

Pudim de leite light feito no micro-ondas surpreende no sabor e na praticidade

Um dos maiores desafios para a mulher que faz dieta, é não comer doce, principalmente na TPM. É quase uma tortura e o humor fica ainda pior. Então imagine poder comer um pudim de leite light?

E o melhor, feito no micro-ondas em apenas 1 minuto. Além de gostoso, mata a vontade de comer doce e não dá trabalho para fazer.

Aprenda a fazer o pudim de leite light no micro-ondas

Ingredientes para esta receita:

  • 1 ovo
  • 8 colheres (sopa) de leite desnatado
  • 4 colheres (sopa) de leite condensado light
  • 1 colher (chá) de essência de baunilha

Modo de preparo

  • Bata o ovo com auxilio de um garfo, até sair um pouco do cheiro
  • Depois coloque o leite desnatado, o leite condensado light e a essência de baunilha e bata novamente
  • Leve ao micro-ondas por 1 minuto.
  • Deixe na geladeira por uns minutos, até esfriar e ficar mais firme.

Calda:

  • 2 colheres de sopa de água
  • 1 colher de sopa de açúcar demerara ou mascavo
  • Misture os dois e leve ao micro-ondas por 30 segundos, ou até ficar no ponto de calda de caramelo
  • Quando o pudim estiver pronto para desenformar, sirva e despeje a calda por cima.

Para facilitar ainda mais sua vida, aqui vai um vídeo mostrando como fazer pudim de leite light.

13 lindas inspirações de cortes para cabelos cacheados

Se você tem cachos e quer valorizá-los, apostar em um corte adequado, que os valorizem, é o grande segredo. E não são só os cortes retos que funcionam para valorizar o volume e as ondinhas dos cabelos.

Como você vai ver ao longo dessa matéria, exitem várias inspirações lindas de cortes para cabelos cacheados bem modernos e despojados. O mais interessante de tudo é que eles vão desde os muito curtos até os mais, conforme a preferência da cada uma.

Dentre os cortes que você vai ver estão os assimétricos, os desfiados, com franjas, franjas laterais, sidercut, undercut e assim por diante. Com certeza, se sua intenção é valorizar seu rosto, seus cachos e o volume dos fios vai encontrar um corte que faça seu estilo.

Veja algumas inspirações de cortes para cabelos cacheados:

1. Pixie hair

Para quem gosta dos mais curtinhos, o corte pixie deixa o visual bem estiloso e moderno. Uma forma de valorizar os cachos com esse corte é deixando um pouco mais de volume no topo da cabeça.

Na hora de finalizar, a dica é secar os fios com difusor e usar um ativador de cachos para manter rolinhos em forma.

2. Curto natural

Outros dos cortes para cabelos cacheados que mais valorizam o rosto e os cachinhos são os curtinhos mais naturais. A diferença desse corte para o pixie é que esse se mantém com unidade em toda a cabeça.

3. Corte sidecut

O sidecut é para as mais ousadas e consiste em raspar uma das duas laterais da cabeça. Ele pode ser feito em todos os comprimentos. Se as madeixas estiverem mais curtas, o sidecut fica perfeito também para penteados com inspiração e moicanos.

4. Corte undercut

A diferença entre esse corte e o anterior é a região da cabeça raspada. Enquanto o sidecut é feito apenas nas laterais, o undercut raspa a região da nuca, podendo também também se estender para as laterais.

Nos cabelos cacheados, as melhores opções de penteados são de inspiração punk, que valorizam os ondulados e o rosto.

5. Corte blunt cut

Esse é o corte perfeito para quem é fã de minimalismo e geometria e está entre os mais pedidos dos salões. Basicamente, ele consiste em uma base reta na altura dos ombros e pode ou não usar referências geométricas em camadas ou com leves desfiados.

No dia a dia, uma boca forma de usar esse corte é com as madeixas divididas ao meio. Isso dá o volume necessário para os cachos, que ficam naturalmente valorizados.

6. Corte com pontas assimétricas

Outro dos mais perfeitos cortes para cabelos cacheados são os assimétricos. Nesse caso, esse o truque com as tesouras funciona muito bem para distribuir o volume e manter os cachos bonitos.

Além disso, cortes que mantém um dos lados com as pontas mais longas deixam o visual muito mais estiloso.

7. Long Bob

Um dos mais queridinhos das estrelas, esse corte é perfeito para quem quer reduzir o comprimento sem deixa o cabelo exatamente curto. Ele é feito para os cachos porque cria assimetria distribuindo bem o volume.

8. Corte longo com franja lateral

Uma das formas de dinamizar os cortes longos para os cabelos cacheados é fazendo franja lateral. Esse detalhe deixa os cabelos com mais movimento e quebra a mesmice dos fios. Esse também é o corte para quem quer valorizar os cachinhos e equilibrar o volume.

9. Corte com franja

Quem tem cabelo cacheado pode usar franjinha? Claro que pode! Essa proposta é uma das mais fashionistas para os cachinhos e é uma forma de equilibrar o visual.

A melhor forma de usar essa opção de corte é integrando a franja com o volume dos cachos, de forma bem despretensiosa. Se a franja for assimétrica, então pode ser usada também lateralmente.

10. Corte repicado

As madeixas repicadas também são ótimas para valorizar os cachos. O corte atribui desenho aos cabelos e dá mais volume no topo da cabeça. Os finalizados deixa um efeito bem descontraído e moderno para os cachos.

11. Chanel com franja

A dica, nesse caso, fazer com que a franja fique maleável, a cortando na diagonal em direção ao rosto.

12. Curto com pontas alongadas

Além de dinamizar as madeixas esse é um tipo de corte que contém o volume dos cachos, caso essa seja sua intenção.

13. Curto repicado

O repicado no cabelo curto dá uma nova dinâmica aos cachos quando cortado em camadas. Isso faz com que os fios fiquem mais leves e com mais movimento.

Inspiração: body chain, as correntes para o corpo

inspiração body chain

Inspirada nas indianas, que adotam acessórios com muitas correntes em todo o corpo, a moda da body chain pegou no verão do hemisfério norte e combina bastante com as brasileiras. O acessório é como um grande colar que envolve o corpo e geralmente vai até a barriga. Também há versões para os braços e as pernas.

Ana Suy e Versace apresentaram suas versões na passarela tempos atrás. Mas passarela só vira moda de verdade quando as pessoas usam e aí é que entra as musas que tornaram a body chain uma realidade.

A culpa é das estrelas

Rihanna, Beyoncé, Candice… adeptas famosas da body chain. Quem realmente mergulhou nas correntes foi Ri-ri que usou desde a praia até o tapete vermelho. 

Body chain na vida real

Na vida real, a moda das correntes pode ser usada para dar charme às produções básicas ou para arrasar na noite. Você escolhe.

Sabe aquele look básico de verão short+regata ou calça+regata, olha como é rápido e fácil deixar ele especial com a body chain.

Para as não tão básicas, a body chain vai bem com camisas, tricôs e até peplum!

inspiração body chain aprenda a usar

aprenda a usar body chain

Body chain na praia

body chain na praia

As correntinhas também vão à praia e dão um charme extra para quem gosta de estar bonita em todos os momentos.

Massa à noite? Coma carboidrato no jantar e queime gordura enquanto dorme

Este é um dos pilares do Reset Hormonal, novo método para turbinar o metabolismo e regular a saúde hormonal em cinco semanas

Reset hormonal: chave para emagrecer com saúde (Foto: Renam Christofoletti / Arquivo Vogue)

Oestilo de vida moderno bagunça nossos hormônios. Stress, dieta pobre em nutrientes e sedentarismo, entre outros fatores, desequilibram essas substâncias químicas produzidas pelo sistema endócrino ou por neurônios que controlam o funcionamento do nosso organismo. Como fazer para que nosso corpo volte a funcionar como um computador de última geração? Provocando um reset para reorganizar nossos hormônios – e, consequentemente, ganhar saúde, músculos e emagrecer -, sugere Theo Webert, médico especialista em nutrologia e qualidade de vida, que atende em São Paulo e Rio de Janeiro e tem como pacientes Isabeli Fontana e Di Ferrero.

A redefinição é feita por meio de ajustes na alimentação, prescrição de fitoterápicos e vitaminas, atividade física e técnicas de controle de stress – ou seja, um conjunto de medidas que altera o estilo de vida para melhor.

O tratamento acontece em cinco semanas e vai de uma detalhadíssima avaliação corporal à adoção de uma dieta equilibrada, passando por detox, identificação de desequilíbrios hormonais e intolerância alimentar, além de técnicas de gerenciamento de stress, como meditação e ioga.

Segundo o médico, essa abordagem integral garante que o trabalho árduo na academia e a alimentação saudável sejam recompensados do modo como as pessoas sempre esperaram que fosse. “Eu acredito que precisamos ser saudáveis para perder peso e não perder peso para sermos saudáveis”, diz Theo Webert, que compartilha aqui algumas estratégias do Reset Hormonal.

Reset hormonal: chave para emagrecer com saúde (Foto: Henrique Gendre/Arquivo Vogue)

A seguir confira os pilares do método:

– Carboidrato à noite para regular serotonina e queimar gordura enquanto dorme.  Em direção contrária à tendência atual, Theo Weber acredita que consumir carboidratos não refinados (frutas, grãos integrais, batata doce, mandioca e derivados, por exemplo) antes de dormir é uma boa estratégia – sem exagero, claro. “Esse nutriente aumenta nossos níveis de serotonina, que ajuda no sono reparador. E dormir bem é fundamental para ganhar músculos e queimar gordura”, diz o médico, que indica também incluir uma fonte de fibras — uma colher de chia, por exemplo — para ajudar no controle da outro hormônio, a insulina, que, em excesso, comanda o armazenamento de gordura nas células. 

– Menos carne vermelha e álcool e mais fibras para redefinir o estrogênio e combater a gordura localizada. Segundo ele, a maior parte das mulheres que lutam contra a balança têm excesso de estrogênio, que bloqueia o metabolismo e favorece o acúmulo de gordura na região dos quadris. Carne vermelha e álcool provocam sobrecarga de estrogênio. “A carne por causa da gordura saturada e o álcool porque prejudica o bom funcionamento do fígado, onde o estrogênio é descomposto”, explica o médico. Já as fibras encontradas nos vegetais ajudam na faxina do organismo, carregando o excesso do hormônio que será eliminado pelo sistema digestivo.

– Detox e vitamina D para equilibrar a tiroide e turbinar o metabolismo. A tireoide regula o metabolismo de cada célula do organismo. Na abordagem tradicional, disfunções nessa glândula são tratadas com reposição de hormônios. Theo Webert prefere, porém, alternativas como a desintoxicação do sistema digestivo e do fígado, que influencia a produção de hormônio tireoidiano ativo, o T3, além da prescrição de vitamina D, que é um hormônio em sua essência.

Voltar para Home Como ter uma decoração mais sustentável

Mas, mais do que beleza, outro ponto importante de destacar é a sustentabilidade. Por isso, vamos dar algumas dicas sobre como decorar a casa de forma sustentável, em harmonia com o meio-ambiente.

Utilize apenas madeira de reflorestamento

Caso opte pela utilização de objetos e móveis de madeira, tenha certeza da origem do material. É imprescindível que a madeira utilizada seja proveniente de reflorestamento, a fim de desestimular o desmatamento, já que essa madeira é obtida de florestas que são plantadas com a finalidade de extração. Para ter certeza, procure pelo selo SFC Brasil.

Imagem 8

Reutilize

Bom, depois que você já verificou a procedência dos móveis e outros objetos em madeira da sua casa, podemos dar mais um passo: reutilizar as coisas que você já possui. Skates velhos podem servir de prateleiras para o quarto de um filho adolescente, uma poltrona inutilizada pode ganhar uma cara nova recebendo uma mão de tinta, garrafas podem se tornar luminárias e, com um pouco de criatividade, pallets de madeira ou caixotes de feira podem virar móveis com um estilo mais rústico. Sem perceber, você vai notar que muita coisa pode ser reutilizada!

imagem 11

Imagem 7

Imagem 5

Reduza

Outro fator que vai ajudar a ter uma decoração mais sustentável é a redução. Como já vimos na decoração escandinava, menos pode ser mais. Desenhe, planeje e veja outras opções antes de decorar a sua casa. Saber de todas as alternativas pode ajudar a reduzir o número de itens desnecessários e, consequentemente, o consumo.

Imagem 6

Fonte: YouTube Alphaville Urbanismo/Instagram DicasDaPati

 

Procure por produtos que durem

Optar por materiais que tenham uma durabilidade maior também é uma maneira de ser sustentável. A ideia é que você consiga conservá-los por mais tempo, reduzindo a necessidade de sempre comprar novos objetos ou móveis para substituir os antigos. Com um pouco de criatividade, inclusive, é possível reutilizar móveis e objetos antigos, dando o seu toque único para o ambiente, apenas com uma pequena reforma, reposicionando ou trocando o item de cômodo.

imagem 10

imagem 12

fonte: alphaville

 

 

A mansão de Coco Chanel na Riviera Francesa

Coco Chanel, ícone absoluto da moda do século 20, foi proprietária de uma suntuosa mansão (dentre outras casas) em Roquebrune-Cap-Martin, na Riviera Francesa, herança de seu romance com o Duque de Westminster. Além dela, outras personalidades ilustres passaram pelo local que posteriormente foi vendido e alugado por Winston Churchill que lá se isolou para escrever sua biografia. A mansão, situada na propriedade chamada de La Pausa, possui 4 andares, 7 suítes e imensas salas, todas rodeadas por um belíssimo jardim com oliveiras, jacarandás, acácias, lavanda, mimosas, alecrim e limoeiros. Muitas dessas plantas e flores inspiraram as fragrâncias de Chanel, dentre elas o Chanel 28, La Pausa. A casa foi desenhada e decorada por ela mesma. Projeto do jovem arquiteto Robert Streitz teve seu estilo definido no TMagazine como: “uma casa inspirada no passado de Coco onde todos os elementos arquitetônicos tiveram inspiração no convento do internato do século 12, onde Coco foi criada. O projeto também presta homenagem ao perfume Chanel No. 5, com padrões de cinco janelas repetidas em toda a casa.” Vale conhecer e viajar na imaginação tendo Coco, uma mulher à frente de seu tempo.

 

 
 
 
 
por Carla Baldwin
 
 

Como fazer caber mais roupa na mala – Dicas valiosas!

Viajar é uma delícia, mas fazer as malas pode ser bem chato, já que é uma tarefa que exige organização, uma habilidade que são poucas pessoas que têm. Geralmente, a maior dificuldade dessas pessoas é a quantidade de roupas que precisam levar. Para elas, pode ser bem difícil conseguir escolher algumas poucas peças para passar alguns dias fora de casa seja para uma viagem curta, de poucos dias, ou longa, de até meses. Se você tem que arrumar uma mala hoje e quer levar consigo muita roupa, confira algumas soluções: continue lendo e descubra como fazer caber mais roupa na mala.

A forma mais fácil de fazer caber mais roupa na mala é através do jeito de dobrar as roupas. Existem várias técnicas para dobrar roupa para ocupar menos espaço, entre elas:

 

  • Fazer rolinhos: essa é uma boa técnica para quem tem cuidado ao fazer cada rolinho. Ao enrolar as peças, você pode ir encaixando cada peça dentro da mala.
  • Deixar as peças super finas: outra técnica é deixando as peças super finas e ir colocando uma sobre a outra.
  • Colocar as peças por peso: as peças mais pesadas ficam no fundo, deixando sempre as pontas para fora da mala, assim que você finalizar com as peças mais leves, você coloca essas pontas por cima, fazendo uma espécie de embrulho.
  • Separar por saquinhos ou bolsas de organização de mala: essa é uma ótima técnica para quem gosta de ser super organizado, ao separar por saquinhos ou por essas bolsas, colocando suas peças dentro deles você só precisa organizá-los dentro da mala, o que facilita o processo pois diminui a quantidade itens.
  • Posicionar as roupas conforme os espaços da mala: se elas tiverem vãos (geralmente as de rodinhas tem um vão interno) você primeiro coloca roupas dobradas justamente para caber nesse local, assim você consegue disfarçar esse vão e criar um alinhamento na mala, evitando que as peças fiquem amassadas e fazendo caber mais roupa..

 

Dica: Uma super dica é separar cada look, já com meia, calcinha e sutiã (isso se ele for mole) e posicionar de forma central tudo sobre a camiseta ou parte superior do look. Aí é só ir enrolando. Coloque as meias no topo, no sentido parte fechada para dentro e uma de frente para outra. Ao final do enrolamento, você vai usar as aberturas das meias para encapar todo o rolo, o que vai fazer de cada look, um pacotinho compacto. Essa dica é de ouro, pois garante mais looks na mala como também alta organização.

 

Fonte: dwohoo.com

Como dobrar calça jeans para colocar na mala?

A calça jeans é um item indispensável no guarda-roupa de várias pessoas. Por isso é muito provável que em sua mala vai ter pelo menos uma calça jeans. O mundo da organização de arrumar malas tem vários soluções para dobrar calça jeans com grande eficiência.

 

Soluções para dobrar calça jeans

 

  1. Dobrar a calça jeans ao meio (uma perna sobre a outra), dobrar a perna superior ao meio e a fazer uma barra de 6 dedos na perna inferior que não for dobrada (essa barra vai servir de capa para toda a calça jeans). Ir enrolando da parte superior da calça até chegar nessa barra. Quando for enrolar, faça questão de ir fazendo bem apertadinho, ao final enfie a calça jeans bem enroladadentro do espaço da barra. Você vai terminar com uma calça jeans super compacta.
  2. Estender a calça jeans, dobrar o parte superior, onde ficam os botões, formando uma espécie de envelope. Dobrar cada perna ao meio, no sentido vertical. Depois vá enrolando das pontas da calça até o topo envelopado. Ao enrolar, garanta também que esteja bem apertado. Ao final coloque tudo dentro do envelope superior criado. Você também vai terminar com uma calça jeans super compacta.

Como colocar muita roupa em uma mala pequena?

Para colocar muita roupa você precisa primeiramente colocar roupas que não tenham muito peso, já que a mala geralmente não pode ultrapassar um peso máximo. Como essas peças serão leves, a melhor forma é fazendo através desacos a vácuo. Vá esticando cada peça dentro do saco, quanto atingir o limite, sugue o ar com o aspirador. Ao final, você terá várias lâminas de roupas. É importante que você as mantenha bem retas. Coloque tudo dentro da mala.

 

 

Como economizar espaço na mala de viagem?

É sempre bom viajar e economizar espaço na mala de viagem, já que é uma hábito comum trazer algumas comprinhas em uma viagem. Para garantir que a sua mala não vá praticamente sem nenhum espaço vazio, separamos algumas dicas importantes de organização de mala:

  • Separe as peças de roupa por dias, assim você já sabe quais são as roupas que vai precisar a cada dia da viagem.
  • Evite exageros, menos é mais. Infelizmente não é possível levar tudo, e alguma coisa pode sempre fazer falta mesmo, mas viajar com excessos deixa a viagem muito mais cansativa, nessa hora adote o minimalismo.
  • Coloque roupas íntimas e meias dentro dos sapatos, assim você deixa mais espaço livre. Além disso, sempre posicione os sapatos na parte inferior da mala (pensando nela em pé), por eles serem mais pesados.
  • Separe todos os itens de beleza e acessórios em saquinhos plásticos com zíper. Esses saquinhos não ocupam espaço e se adaptam a forma do seu conteúdo, o que pode ser a solução para encaixá-los em locais apertados.
  • Coloque todos os sutiãs uns dentro dos outros, isso garante que cabem mais coisas e que os sutiãs não ficam amassados.
  • Leve sempre itens de beleza em versão miniatura, para isso você pode ir colecionando produtos de hotéis ou ir na farmácia mais próxima. Se você quiser ser super organizado, já deixe essa necessaire pronta só esperando a próxima viagem.
  • Dê sempre preferência a tons de roupas mais escuros, com isso você tem menos tendência a aparentar sujeira e menor necessidade de troca, evitando ter que levar mais peças de roupa.

6 HOTÉIS PELO MUNDO BEM DIFERENTES DO CONVENCIONAL PARA TORNAR SUA VIAGEM (AINDA MAIS) INCRÍVEL

Conhecer lugares históricos, provar comidas típicas e conhecer novos pontos turísticos fazem parte de qualquer viagem. Mas onde você vai passar a noite?

 

Quartos de hotéis clássicos viraram coisa do passado. Veja a lista que o Rent a Local Friend montou para que a sua viagem saia do convencional:

1. Jules’ Undersea Lodge

O único hotel subterrâneo do mundo fica na FlóridaEstados Unidos. A profundidade é de seis metros e só dá para chegar lá com equipamento de mergulho. São disponibilizados dois quartos com banheiro, micro-ondas e geladeira. Cada noite sai por, pelo menos, 400 dólares. Mas vale a pena, hein?

Foto via

2. Dog Bark Inn

A maior réplica de um beagle é um hotel! Em IdahoEstados Unidos, o local é todo tematizado. Ele foi aberto em 2003 e tem apenas dois quartos. O jardim é cheio de cães da raça. Se não quiser ficar hospedado, ou não tiver vaga, uma lojinha vende produtos relacionados. Você pode passar a noite lá a partir de 92 dólares.

Foto via

3. Tenda beduína

Já pensou em dormir em uma tenda beduína no meio do deserto? Em Israel, essa pode ser uma das melhores experiências da vida. Além de passar a noite, os visitantes jantam as comidas típicas beduínas e aprendem outros aspectos da cultura, como o passeio de camelo e as músicas. Preços e pacotes disponíveis no site.

Foto via

4. Iglu de palha

Com dois quartos, este iglu na Holanda é todo feito de palha, inclusive o colchão. Os hóspedes têm café da manhã e frigobar dentro do quarto. Porém, a cozinha e os banheiros são do lado de fora. A noite por pessoa sai, no mínimo, por 65 dólares, sendo que eles só aceitam a partir de duas pessoas. Um detalhe: não há internet disponível, o local é feito para aproveitar a experiência.

Foto via

5. Aloha Love Bus

Que tal voltar aos anos do auge do movimento hippie? O Aloha Love Bus é o lugar perfeito para os revivalistas passarem a noite no Havaí. A lotação é de três pessoas e o espaço fica no meio do mato. Apesar do clima de paz e amor, o local oferece Wi-Fi, provando que natureza e tecnologia podem sim combinar da melhor maneira.

Foto via

6. Cabanes du Bois Landry

Toda criança (e adulto!) sonha em ter uma casa na árvore. Dormir, então, nem se fala. Pensando nisso, o Cabanes du Bois Landry, na França, fez isso por você. As cabines ficam a 90 minutos de Paris. Para subir, é preciso enfrentar escadas e pontes de cordas. A diária para duas pessoas não sai por menos de 170 dólares. Por lá, não há eletricidade e e água corrente, é preciso ir preparado.

Foto via