Arquivo do autor:Mundo Fashion

Tudo que você precisa saber para ficar estonteante no seu grande dia

Confira tudo sobre os principais acessórios da noiva:

Os acessórios para noiva possuem o importante papel de complementar o visual da noiva. Véu, Tiaras, Coroas, Broches e joias são apenas alguns exemplos do que a noiva precisa escolher para complementar o seu look e ficar ainda mais bonita para o grande dia!

 

Acessórios da Noiva

 

Para escolher o acessório perfeito, é importante que ele esteja de acordo com o estilo da noiva. Se você for mais romântica e estiver em busca de um casamento ao estilo princesa, então uma coroa de brilhantes pode ser a melhor opção a ser usada.

Os acessórios estão sempre aparecendo com novos modelos e estilos diferentes. A cada hora é uma tendência nova nas passarelas! E, para te ajudar a organizar o seu casamento, aqui você conhece as principais tendências para a escolha dos acessórios da noiva.

 

Como escolher os Acessórios para noiva?

Escolher os acessórios para noiva não é tarefa fácil. São diversos elementos que precisam ser escolhidos de acordo com todo o conjunto de peças e informações que a noiva optou, e ainda fazer com que todos eles conversem entre si quando todos juntos!

 

Acessórios para Noiva

 

 

Grinalda

 

A grinalda é nada mais, nada menos, que o acessório complementar do penteado. Ou seja, é a Tiara, a Coroa, a Guirlanda de Flores, Headband.. e muuuito outros!

Existem diferentes tipos de Grinaldas – uma mais linda que a outra! –  mas que não devem ser escolhidas aleatoriamente, porque tudo precisa estar dentro do estilo da cerimônia. Exemplo: se o casamento for na praia, então uma guirlanda de flores fica linda para combinar com estilo leve e descontraído da festa.

 

Acessórios para Noiva

Acessórios para Noiva – Por Look At The Bride

 

É preciso atentar-se, também, com o penteado da noiva escolhido para o grande dia. Dependendo do que a noiva escolher, nem toda grinalda fica boa. Ás vezes, a noiva queria uma coroa, mas o broche delicado acaba ficando mais adequado.

Dica: Sempre pense no acessório quando for escolher o seu penteado. Converse com o seu profissional e elabore um penteado que combine e a deixe mais bonita com o acessório.

 

Joia da noiva – Qual Escolher?

 

As joias que serão usadas pela noiva precisam ter uma atenção maior também. Tudo deve estar em perfeita harmonia e destacando a noiva da melhor forma possível.

Para escolher sua joia, é preciso avaliar os outros elementos do seu visual de noiva. Pare para observar e pergunte a si mesma “ já estou com muito brilho?”. Se a resposta for “sim”, então as joias que você escolher precisam ser o mais discretas possível. Opte por brincos pequenos e delicados, poucos anéis e nada muito além disso.

Porém, se a resposta for “não”, então o uso de joias um pouco mais chamativas está liberado. Preste atenção, somente, na forma que você combinará o estilo do vestido com o das joias. Lembre-se sempre que o vestido é o centro de qualquer decisão que você for tomar com os acessórios, desde os mais simples, até os mais sofisticados.

 

Acessórios para NoivaJoias feitas por Rosana Negrão, sendo utilizadas pela nossa querida noiva Karina Flores.

Agora que você escolheu o tipo da joia, existem algumas regrinhas que precisam ser levadas em conta, como: o material das joias.

A regra é que todas as joias que você escolher sejam do mesmo material. Portanto, nada de usar um brinco de prata com uma pulseira dourada. Se a sua grinalda for prateada, então todos os outros acessórios e joias, precisam estar combinando e em perfeita sintonia um com o outro.

Procure por modelos de joias que estejam de acordo com o formato do seu rosto também, para que os brincos longos possam suavizar as linhas redondas do rosto mais cheio, e os mais delicados dar um charme natural para os mais finos.

 Não perca as nossas inspirações e as últimas tendências sobre o assunto!

 

 

Tipos de Véu da noiva

 

O véu da noiva é um dos mais simbólicos e tradicionais acessório da noiva que existe. É ele que finaliza o visual da noiva e a deixa com o ar puro e característico de noiva, que todas as mulheres sonham em ter desde pequenas.

Apesar de ter várias opções a serem escolhidas, não é nada fácil escolher um véu que fique bom logo de primeira com o seu visual. Tem o véu Catedral, o Ponta de dedo, o ombro, a Mantilha, que são os modelos que as noivas mais procuram para complementar o visual.

 

Acessórios para Noiva

Véu da Noiva Karina Flores | Foto: Anna e Ricky

 

É preciso avaliar o vestido de noiva e onde será realizada a cerimônia. Se o vestido for longo, então existem várias opções plausíveis, mas, se o vestido for curto, então as opções acabam sendo mais limitadas que o restante.

Não perca as nossas dicas para você escolher o véu de noiva mais bonito que existe!

 

Terço

 

Para cerimônias no religioso – geralmente as católicas – é costume que a noiva entre com um terço junto do buquê, ou com ele sozinho. O terço é usado para representar a fé e a devoção da noiva, e não precisa estar combinado com o restante da festa, justamente porque pode ser um dos centros das atenções durante a entrada da noiva.

 

Acessórios para Noiva

Tudo depende da escolha que a noiva tem!

 

Luvas

Antigamente, a moda era que as noivas usassem luvas!

Luvas longas, curtas, médias, com brilho, sem brilho.. independente do tipo, o importante mesmo era estar sempre com uma luvinha na mão.

Acessórios para Noiva

Hoje, elas acabaram caindo de moda, e é bem difícil ver uma noiva que optou por usá-las. Porém, ainda existem as noivas que são cheias de personalidade e decidem ter um casamento diferenciado, com elementos alternativos e, até mesmo, característicos, que variam de acordo com alguma temática escolhida pelos noivos. Nesses casos, algumas noivas ainda preferem usar as luvas para ficarem com um charme diferente.

Não perca as nossas inspirações de acessórios para noiva e escolha o seu!

 

Guia prático do bronzeamento artificial

Bronzeamento artificial

Como-escolher-o-melhor-bronzeador-para-sua-pele-img

Quando o assunto é bronzeamento artificial, o desejo é único: parecer que você passou os últimos quinze dias fazendo fotossíntese no sol do Caribe.

Quem já testou os métodos caseiros sabe que não é tão fácil reproduzir a cor do pecado em casa. Palmas das mãos laranjas, joelho manchado e carinha de Oompa-Loompa podem denunciar que sua pele dourada não foi resultado de horas lagartixando sob o sol caribenho. Para saber tudo sobre bronzeamento artificial, conversamos com a Daniela Lemes, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia e selecionamos 9 dicas para lacrar no bronzeamento fake.

Existem dois métodos para ficar bronzeada sem depender do sol:

  • Bronzeamento a jato, ou jet-bronze, feito em clínicas de estéticas especializadas
  • Bronzeamento com cremes tópicos, que pode ser feito em casa

A câmara de bronzeamento artificial é proibida por lei no Brasil por ser prejudicial à saúde. “A pessoa fica exposta aos raios ultravioletas A, B ou, em alguns casos, aos dois tipos. Além de serem cancerígenos, causam envelhecimento precoce.”, explica a Dra. Daniela.

Voltar para Home Como ter uma decoração mais sustentável

Mas, mais do que beleza, outro ponto importante de destacar é a sustentabilidade. Por isso, vamos dar algumas dicas sobre como decorar a casa de forma sustentável, em harmonia com o meio-ambiente.

Utilize apenas madeira de reflorestamento

Caso opte pela utilização de objetos e móveis de madeira, tenha certeza da origem do material. É imprescindível que a madeira utilizada seja proveniente de reflorestamento, a fim de desestimular o desmatamento, já que essa madeira é obtida de florestas que são plantadas com a finalidade de extração. Para ter certeza, procure pelo selo SFC Brasil.

Imagem 8

Reutilize

Bom, depois que você já verificou a procedência dos móveis e outros objetos em madeira da sua casa, podemos dar mais um passo: reutilizar as coisas que você já possui. Skates velhos podem servir de prateleiras para o quarto de um filho adolescente, uma poltrona inutilizada pode ganhar uma cara nova recebendo uma mão de tinta, garrafas podem se tornar luminárias e, com um pouco de criatividade, pallets de madeira ou caixotes de feira podem virar móveis com um estilo mais rústico. Sem perceber, você vai notar que muita coisa pode ser reutilizada!

imagem 11

Imagem 7

Imagem 5

Reduza

Outro fator que vai ajudar a ter uma decoração mais sustentável é a redução. Como já vimos na decoração escandinava, menos pode ser mais. Desenhe, planeje e veja outras opções antes de decorar a sua casa. Saber de todas as alternativas pode ajudar a reduzir o número de itens desnecessários e, consequentemente, o consumo.

Imagem 6

Fonte: YouTube Alphaville Urbanismo/Instagram DicasDaPati

 

Procure por produtos que durem

Optar por materiais que tenham uma durabilidade maior também é uma maneira de ser sustentável. A ideia é que você consiga conservá-los por mais tempo, reduzindo a necessidade de sempre comprar novos objetos ou móveis para substituir os antigos. Com um pouco de criatividade, inclusive, é possível reutilizar móveis e objetos antigos, dando o seu toque único para o ambiente, apenas com uma pequena reforma, reposicionando ou trocando o item de cômodo.

imagem 10

imagem 12

fonte: alphaville

 

 

11 destinos incomuns para visitar na América do Sul

Com a nossa lista de 11 destinos incomuns para visitar na América do Sul, você poderá viver experiências diferenciadas .

Nessa lista você encontra opções que incluem um parque arqueológico, uma montanha com 7 cores, uma praia badalada que não é brasileira, entre outros.

Tem opções de destinos para todos os gostos, então que tal começar a preparar a sua mala agora mesmo?

Destinos incomuns para visitar na América do Sul – Chile

Resultado de imagem para Cavernas de Mármore

1. Cavernas de Mármore – Complexas e Surreais

Sabe aqueles cenários de filmes que pensamos que não podem existir na vida real?

Lugares como as Cavernas de Mármore de – Puerto Río Tranquilo – provam que existem sim.

Essas complexas e intrincadas cavernas remontam a era glacial, são compostas por combinações rochosas com uma mescla de cores que criam verdadeiras ilusões de ótica.

O desenho das formas das cavernas foram feitas pelo movimento das ondas, dentro delas estão inúmeras subdivisões em galerias que surgiram naturalmente.

A visita a esse destino deve ser feito num dia de sol para que o efeito possa ser visto.

Para chegar até lá, o turista deve pegar um barco em Puerto Rio Tranquilo.

Destinos incomuns para visitar na América do Sul – Uruguai

Resultado de imagem para Uruguai

2.  Turismo com Foco nas Pessoas

Uma característica do litoral uruguaio é ter a água muito gelada, sendo assim os atrativos para as cidades litorâneas ficam por conta de outros motivos.

Conhecer a pequena Valizas pode ser interessante para aqueles que gostam da ideia de fazer turismo cultural.

Durante a temporada de verão a cidade fica repleta de atores de teatro que se apresentam pela rua, viajantes de diferentes países que estão de passagem e artesãos.

A praia de Valizas é de uma beleza única, com destaque para o rio que deságua no mar e a presença de dunas.

Para chegar a Valizas, você pode pegar um ônibus em Montevidéu.

Além disso, essa cidade fica bem próxima a Cabo Polônio que possui uma maravilhosa reserva natural que também conta com dunas.

Aliás, os turistas podem fazer um passeio sensacional pelas dunas com duração de 4 horas a pé.

Destinos incomuns para visitar na América do Sul – ColômbiaResultado de imagem para Parque Nacional Arqueológico de Tierradentro

3. Parque Nacional Arqueológico de Tierradentro – Tumbas com vista para a Cordilheira dos Andes

Esse destino incomum é perfeito para quem tem disposição e gosta de estudar arqueologia.

Bem, provavelmente você nunca ouviu falar nesse parque, está situado próximo a cidade colombiana de Inza.

Isso se deve ao fato de ser precário o transporte que leva até ele, mas saiba que o sofrimento vale a pena.

Trata-se de um verdadeiro museu a céu aberto em que se pode saber mais sobre os povos que viviam na América do Sul há séculos.

O melhor fica por conta das tumbas que tem vista para a magnífica Cordilheira dos Andes.

Até pirâmides você verá nesse parque, para ter certeza que viu tudo, aproveite que tem espaço para camping e fique dois dias.

O parque tem lindas paisagens, vale muito o passeio.

4. Caño Cristales – Águas Coloridas Naturalmente

Resultado de imagem para Águas Coloridas Naturalmente

Já imaginou um lugar em que a água é naturalmente colorida?

Então, pare de imaginar e conheça Caño Cristales, fica situado na Serra La Macarena, na Colômbia.

A água que pode apresentar tonalidades de vermelho, rosa, verde e amarelo, é colorida pela presença de plantas e algas especiais em seu fundo.

O período de alta temporada é entre os meses de junho e dezembro.

Mas, já avisamos, chegar a esse destino não é uma tarefa simples.

Você poderá ir para Caño Cristales, de barco através do rio Guayabero ou então de carro que tenha tração 4×4.

Escolhendo a segunda opção, será necessário seguir um trecho de balsa para passar pelo rio.

Destinos incomuns para visitar na América do Sul – Equador

Resultado de imagem para Montañita – Praia Badalada5. Montañita – Praia Badalada

Quando se fala em praia badalada na América do Sul, você pensa no Brasil?

É justo que nosso país tenha essa fama, mas não é só por aqui que as praias são boas.

O Equador é um bom país para fazer turismo devido aos baixos custos de vida, nosso dinheiro rende bastante por lá.

Uma dica para quem escolher esse país para visitar, é a praia de Montañita.

Além de linda, essa praia tem ondas perfeitas para quem deseja surfar.

Por ser um destino turístico, conta com ótima infraestrutura de hospedagem, de bares e restaurantes.

Embora seja uma praia com estilo hippie durante o dia, a noite se transforma numa verdadeira balada eletrônica.

Destinos incomuns para visitar na América do Sul – VenezuelaResultado de imagem para bela cidade de Mérida6. Mérida – Aventura na Venezuela

Deixe de lado a situação política da Venezuela, pois, a bela cidade de Mérida tem espírito jovem por ser uma cidade universitária e muita aventura para oferecer.

Essa cidade se tornou conhecida por ter o teleférico mais alto do mundo, ele te leva até o Pico del Espejo que, é também um dos pontos mais altos do país.

Aproveite a visão panorâmica que você terá da cidade.

Mas, Mérida não para de surpreender por aí, oferecendo também ecoturismo com atividades como caminhadas, escaladas e trilhas.

E que tal ainda conhecer o Lago Maracaibo?

É um dos destinos mais procurados da Venezuela.

Essa é uma viagem para turistas que gostam de aventura.

Destinos incomuns para visitar na América do Sul – Paraguai

Resultado de imagem para Museu da Conmebol7. Museu da Conmebol – O Museu dos Apaixonados por Futebol

Se você pensa que o Paraguai é um país que oferece somente compras como opção de turismo, saiba que está enganado.

Quem gosta de futebol, precisa conhecer o Museu da Conmebol que fica situado na cidade de Luque.

Nesse museu você poderá ver de perto troféus de diferentes campeonatos sul-americanos, além de réplicas de taças da Copa do Mundo e uma galeria com relíquias de valor inestimável do futebol.

O melhor, é que você pode ir direto do aeroporto Silvio Petirossi, o principal do país, e que fica ao lado do museu.

Um lugar legal para passar, mesmo que você esteja indo ao Paraguai para fazer compras.

Nosso país vizinho tem boas alternativas para deixar a sua viagem ainda mais completa.

Destinos incomuns para visitar na América do Sul – Argentina

Resultado de imagem para A Montanha de 7 Cores8. Cerro de los Siete Colores – A Montanha de 7 Cores

Um dos destinos pouco conhecidos da Argentina que merece uma visita é o Cerro de los Siete Colores, fica situado perto do povoado de Purmamarca.

O motivo pelo qual a montanha é composta por faixas de diferentes cores, é o grande atrativo para o local.

Cada faixa dessa montanha é formada de um material diferente, contando a história geológica do nosso planeta.

Para se ter uma ideia, a montanha conta com uma faixa de calcário, arenito, minerais, resíduos fluviais, marinhos, entre outros.

Embora nessa região você encontre várias montanhas com essa variação de cor, essa em especial, oferece uma visão mais clara das divisões de materiais.

Uma viagem interessante para quem deseja descanso e tranquilidade.

Destinos incomuns para visitar na América do Sul – Peru

Resultado de imagem para Cerro Colorado

9. Cerro Colorado – Montanhas que Parecem Coloridas com Lápis de Cor

Na mesma linha do Cerro de los Siete Colores argentino, temos o Cerro Colorado que fica no Peru.

A distância entre os dois destinos é de 1.600 km de carro.

Porém, o mais comum é visitar essa região a partir de pacotes turísticos que tem partida da cidade de Cuzco no Peru.

O fenômeno é o mesmo que o citado no destino argentino, mas a definição entre uma faixa e outra é maior.

Ao chegar ao local você terá a impressão de que as montanhas foram coloridas por lápis de cor pela precisão das faixas.

Porém, se prepare, esse lugar é de difícil acesso, a cidade mais próxima é Arequipa.

A altitude em que está a montanha é de 4 mil metros tornando a escalada complicada para quem não tem bom preparo físico.

Resultado de imagem para Sucre

10. Sucre – Cidade que Combina Arquitetura Colonial e Juventude

Na cidade de Sucre o turista terá acesso a uma ampla gama de influências culturais bem como opções de diversão.

Essa cidade que fica próxima as minas de Potossí (um dos destinos bolivianos mais visitados) combina a herança europeia por meio de prédios em estilo colonial preservados com as tradições indígenas.

Os contrapontos não param por aí, pois a cidade que foi fundada em 1540 e preserva muitos prédios históricos da época é também uma cidade universitária.

Tendo uma ampla população jovem, Sucre, conta com uma vida noturna intensa com bares e restaurantes.

Um destino de viagem para quem não sabe bem o que deseja, tenha tudo ao mesmo tempo.

Destinos incomuns para visitar na América do Sul – Brasil

Imagem relacionada

11. Monte Roraima – Sinta-se no Topo do Mundo

O Monte Roraima, ficou conhecido por ser um cenário constante da novela “Império” da Rede Globo, contudo, ainda é um destino pouco explorado mesmo pelos brasileiros.

Esse monte deu o nome para o estado de Roraima por ser o mais alto do local, com imponentes 2.810 metros de altura.

A delimitação desse monte é feito por falésias com 400 metros de altura.

Para fazer a escalada da montanha é necessário cruzar a fronteira para a Venezuela, onde fica o lado mais seguro.

Não se engane, a escalada desse monte leva entre 6 e 8 dias e demandará muito esforço para passar por áreas de savana, rios e até mesmo uma bela cachoeira.

Um tipo de destino incomum que é indicado para quem deseja maior contato com a natureza.

fonte; bolsa de viagem

Mantenha essa carinha linda todos os dias!

Quem nunca trabalhou até tarde da noite e no dia seguinte teve de levantar cedo para algum compromisso e acordou com uma aparência “amassada”? Ou, resolveu dar aquela escapada da rotina e foi para uma noitada, mesmo que tivesse que acordar as seis da manhã no dia seguinte, arcando depois com uma aparência de ressaca cheia de olheiras?

 

 

As vezes, dormir as horas necessárias para garantir uma boa aparência no dia seguinte realmente pode parecer uma missão impossível. Mas existem algumas técnicas que podem disfarçar aquela famosa “cara de ontem” que vamos te passar. Vale lembrar também que lembrar que as horas de sono são fundamentais para a saúde tanto mental quanto do corpo, refletindo diretamente no seu cabelo e rosto.

 

 

 

São só cinco passos para deixar sua aparência sadia e pronta para o próximo dia!

 

Dá pra recuperar a boa aparência, sim. Fique de olho nesses cinco passos abaixo e saia de casa com estilo e renovado:

 

  1. Antes de tudo, faça a higienização do rosto para retirar o excesso de oleosidade, escolha um sabonete neutro, de acordo com o seu pH de pele, e lave-o na água fria. Se sua barba estiver com aspecto “por fazer” a dica é removê-la para eliminar o aspecto “sujo”.
  2. Os olhos entregam muito sobre nosso aspecto visual. Por isso, após a limpeza do rosto, pingue um colírio para exterminar a vermelhidão e o lacrimejamento dos olhos.

Para uma aparência sem oleosidade sempre prefira usar água fria tanto nos rosto, quanto nos cabelos!

 

  1. Se os seus cabelos estiverem oleosos é ideal que você também lave-os com água fria e seu shampoo habitual. Para dar um efeito mais encorpado evite o uso de condicionador e aplique uma quantidade que seja suficiente, mas não excessiva, de pasta modeladora de cabelo.
  2. Com o rosto limpo, aplique um creme multi benefícios que hidrate o rosto, contenha protetor solar e ainda sirva como pigmento contra imperfeições e olheiras. Uma sugestão é o BB Cream L’Oreal, de acordo com o tom da sua pele. Espalhe bem por toda a face para não ficar com nenhuma mancha e não se esqueça da região abaixo do queixo e pescoço para não haver diferença de cor entre as duas regiões.
  3. Um ótimo café da manhã é o passo final para repor as energias, devolver a cor natural do seu rosto e dar mais energia para enfrentar seus compromissos com uma boa aparência, mesmo que depois de uma noite mal dormida.

 

 

Para uma aparência renovada não tem mistério: basta ter consigo os produtos certos – sabonete neutro masculino, BB Cream, colírio, pasta para cabelos. E se você está sempre viajando, basta levá-los em uma necessaire, assim você não fica desprevenido, e pode dizer adeus definitivamente à cara de ontem.

 

 

Produtos Indicados

Bel Col – Tônico Facial Hidratante Hidratonic – 140ml

Cia da Barba – Hidratante Facial Urban Detox Cia da Barba – 30g

Ada Tina – Creme Anti-Idade UOMO Oxy Ada Tina – 30ml

 

 

 

Como escolher o material adequado para seu deck

 

Foto: Thinkstock

Materiais como madeira plástica, porcelanato e bambu tem sido altamente utilizados na construção de decks como substitutos à madeira

 

O deck é uma opção de decoração que exprime charme e muito bom gosto. Além de ser um ambiente aconchegante, que proporciona um verdadeiro convite ao lazer e ao convívio entre a família e os amigos, trata-se de uma ótima escolha para agregar beleza às áreas externas da casa, como varandas, piscinas e jardins.

Ambiente inspirado no convés dos navios, o deck em madeira tende a ser o preferido. Nesses casos, o deck pode ser encomendado sob medida ou ainda comprado em placas que são posicionadas sob um piso ou contrapiso já existente.

Além disso, é importante não só atentar-se à madeira utilizada, que, segundo a arquiteta Fabiana Sarmento, da ROSA + SARMENTO Arquitetura, de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, deve ser certificada, resistente e tratada adequadamente, mas também à instalação, optando por mão-de-obra qualificada.

A arquiteta afirma ainda que a manutenção correta do deck é fundamental para aumentar sua vida útil.

Apesar do acabamento em madeira ser o preferido, há, atualmente, materiais alternativos à matéria-prima maciça, utilizados na construção do deck, a citar a madeira plástica, o porcelanato e o bambu.

Madeira plástica

A madeira plástica ou madeira biossintética é utilizada na construção de decks em áreas externas, onde serão expostos ao sol, chuva e outras intempéries. Material de alta durabilidade e de aparência quase idêntica à madeira, os perfis de madeira plástica escorregam menos, não apodrecem ou racham, não soltam farpas, não mofam e não estão suscetíveis a cupins; logo, não demandam manutenção constante, no entanto, podem pesar mais no bolso. A madeira plástica é comercializada por empresas como Ecoplace, Allpex, Madeplast, Ecowood e Ecoblock.

Porcelanato

A indústria de porcelanato tem investido na fabricação de produtos alternativos à madeira, os quais estão cada vez mais fiéis à ela no que diz respeito à aparência. Assim como a madeira plástica, o porcelanato que imita a madeira apresenta alta durabilidade, não apodrece ou decompõe-se e a demanda por manutenção é quase zero.

É importante lembrar que para garantir a aparência fiel, o cuidado na instalação do material deve ser redobrado, já que as emendas devem ficar praticamente imperceptíveis.

 

O porcelanato que imita a madeira é comercializado no Brasil pelas empresas Pau-Brasil Natural (linha Actual), Portinari (porcelanato da linha Eco Nature), Portobello (linha Ecodiversa Canela Dourada) e Eliane (com diversas linhas: coleção Natural Wood, High Wood, Casa Wood, Eterniwood, Tropical Wood Lantic, Sisal e Parquet).

Bambu

Uma opção que pode pesar menos tanto no bolso quanto na consciência é o bambu. Além de ser um material que mantém o aspecto de madeira, o bambu é altamente resistente, devido à alta quantidade de fibras em sua composição, causa menos impacto ambiental, já que se trata de uma planta renovável, que se reproduz anualmente sem a necessidade de replantio.

Apesar de ser um material resistente, tende a ser utilizado como substituto da madeira na construção de decks em áreas internas. O material é comercializado por empresas como a Ecori, NeoBambu, EcoTecBamboo e Bamboo Floor.

<

p style=”text-align: justify;”>Segundo a arquiteta Fabiana Sarmento, vale a pena ressaltar que, além dos materiais citados, há no mercado uma grande variedade de materiais sintéticos utilizados para substituir a madeira. No entanto, são produtos novos, cuja qualidade ainda não pode ser totalmente garantida.

A mansão de Coco Chanel na Riviera Francesa

Coco Chanel, ícone absoluto da moda do século 20, foi proprietária de uma suntuosa mansão (dentre outras casas) em Roquebrune-Cap-Martin, na Riviera Francesa, herança de seu romance com o Duque de Westminster. Além dela, outras personalidades ilustres passaram pelo local que posteriormente foi vendido e alugado por Winston Churchill que lá se isolou para escrever sua biografia. A mansão, situada na propriedade chamada de La Pausa, possui 4 andares, 7 suítes e imensas salas, todas rodeadas por um belíssimo jardim com oliveiras, jacarandás, acácias, lavanda, mimosas, alecrim e limoeiros. Muitas dessas plantas e flores inspiraram as fragrâncias de Chanel, dentre elas o Chanel 28, La Pausa. A casa foi desenhada e decorada por ela mesma. Projeto do jovem arquiteto Robert Streitz teve seu estilo definido no TMagazine como: “uma casa inspirada no passado de Coco onde todos os elementos arquitetônicos tiveram inspiração no convento do internato do século 12, onde Coco foi criada. O projeto também presta homenagem ao perfume Chanel No. 5, com padrões de cinco janelas repetidas em toda a casa.” Vale conhecer e viajar na imaginação tendo Coco, uma mulher à frente de seu tempo.

 

 
 
 
 
por Carla Baldwin
 
 

Como usar cabelos molhados, suados e bagunçados

Este novo movimento com ar cool, sexy e despretensioso.

 

 

Sai de cena o cabelo repartido certinho, de lado ou no meio, grudado na cabeça com gel ou esticado para trás, sem nada fora do lugar. Entram na passarela os penteados desgrenhados com aspecto úmido de suor, numa displicência estudada com efeito rebelde. “A moda do cabelo suado e podrinho é diferente do wet, criado com gel. No molhado de gel, o cabelo é estático e a pessoa não consegue mexer nele. No aspecto suado, o efeito se concentra em geral na raiz e o fio tem movimento”, conta Tiago Parente, cabeleireiro e sócio do TP Beauty Hair, no Rio de Janeiro.

 

Fenty X Puma (FOTOSITE/Agência Fotosite)

 

Ele se refere às versões vistas em desfiles como os da Marni e da Etro, em que o cabelo aparece solto, penteado para trás, com o efeito úmido concentrado na parte de cima da cabeça. “Para criar esse penteado, uso óleo com pomada (os dois juntos, misturados na mão) e o aplico no cabelo seco depois de escovado ou no fio natural, se quiser um efeito mais despenteado”, conta.

 

Outras variações da cabeleira suada atualizam o penteado preso com os fiozinhos molhados soltos, que já foram considerados o cúmulo do mau gosto em looks de casamento. Para as antigas adeptas da moda, é a hora da revanche: Chanel e Alberta Ferretti dão a bênção fashion ao até então famigerado fiozinho solto molhadinho em coques e rabos de cavalo festivos (ou não).

 

Alberta Ferretti (FOTOSITE/Agência Fotosite)

 

Embora a ideia seja o efeito suado, e não molhado, o grau de umidade pode variar bastante. O importante é almejar aquele ar despretensioso cool de quem acabou de sair da academia ou de correr na praia. 

 

CONFIRA DICAS PARA TER UMA ALIMENTAÇÃO MAIS SAUDÁVEL

A má alimentação é causa de doenças como câncer e diabetes. O Guia Alimentar para a População Brasileira traz recomendações para que as refeições sejam sinônimo de qualidade de vida

Adotar bons hábitos alimentares é o primeiro passo para buscar uma vida saudável. Câncer, problemas cardíacos, obesidade e outras enfermidades crônicas, como o diabetes, são amplamente associados ao consumo excessivo de gordura, sódio e açúcares.

Adotar bons hábitos alimentares é o primeiro passo para buscar uma vida saudável

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca); a alimentação e a nutrição inadequadas são classificadas; como a segunda causa de câncer que pode ser prevenida. São responsáveis por até 20% dos casos de câncer nos países em desenvolvimento; como o Brasil, e por aproximadamente 35% das mortes pela doença.

Segundo o Inca, um em cada três casos dos tipos de câncer mais comuns poderia ser evitado caso a população adotasse uma alimentação saudável e a prática regular de atividade física.

O Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde publicou, em 2014, a segunda edição do Guia Alimentar para a População Brasileira. A presidente do Conselho Nacional de Segurança. Alimentar e Nutricional (Consea), Elisabetta Recine, explica que o guia é um documento oficial, presente em diversos países, com recomendações nutricionais para promoção da alimentação saudável. “Há muitos anos, é clara a relação entre alimentação e saúde. O Guia é um documento de referência, de confiança, sobre o que é alimentação saudável e o que não é.”

A edição anterior do guia, a primeira no Brasil, foi lançada em 2006. Elizabetta explica que o documento está sempre em atualização e leva em consideração os padrões epidemiológicos e nutricionais da população. “De 2006 para cá, por exemplo, a desnutrição está claramente em queda e se restringindo a grupos populacionais mais vulneráveis, como indígenas e comunidades tradicionais. Por outro lado, o crescimento da obesidade e do excesso de peso se consolidou em todos os grupos populacionais, etários e socioeconômicos”, esclarece.

Confira abaixo as dicas:

Alimentos in natura ou minimamente processados são a base ideal para uma alimentação nutricionalmente balanceada, saborosa, culturalmente apropriada e promotora de um sistema alimentar socialmente e ambientalmente sustentável. Variedade significa alimentos de todos os tipos – grãos, raízes, tubérculos, farinhas, legumes, verduras, frutas, castanhas, leite, ovos e carnes – e variedade dentro de cada tipo.

Óleos, gorduras, sal e açúcar devem ser utilizados com moderação em receitas que utilizam alimentos in natura ou minimamente processados. Esses itens devem ter apenas um papel complementar, para que a refeição se torne mais saborosa e diversificada, mas sem deixar de ser balanceada e nutritiva.

Os métodos e ingredientes

Os métodos e ingredientes dos produtos processados alteram a composição dos alimentos dos quais derivam. Por essa razão, eles também devem ser utilizados apenas em pequenas quantidades e consumidos como ingredientes de refeições mais completas, baseadas em alimentos naturais ou minimamente processados.

Produtos ultraprocessados são nutricionalmente desbalanceados, mas, apesar disso, tendem a ser consumidos em excesso e a substituir alimentos in natura ou minimamente processados. Suas formas de produção, distribuição, comercialização e consumo afetam de modo desfavorável a cultura, a vida social e o meio ambiente.

Refeições

Refeições devem ocorrer em horários semelhantes todos os dias, em um ritmo lento, com um tempo exclusivo para essa atividade e em locais limpos, confortáveis e tranquilos. Sempre que possível, coma em companhia, com familiares ou amigos, pois a companhia favorece a regularidade e a atenção.

Procure fazer compras de alimentos em mercados, feiras livres e feiras de produtores e outros locais que comercializam variedades de alimentos minimamente processados. Prefira legumes, verduras e frutas da estação e cultivados localmente. Sempre que possível, adquira alimentos orgânicos e de base agroecológica, de preferência diretamente dos produtores.

Se você tem habilidades culinárias, procure desenvolvê-las e partilhá-las, principalmente com crianças e jovens, sem distinção de gênero. Se você não tem habilidades culinárias, procure conversar com as pessoas que sabem cozinhar; peça receitas a familiares, amigos e colegas, leia livros, consulte a internet, faça cursos e… comece a cozinhar!

Preparação

Organize a despensa doméstica e faça da preparação de refeições e do ato de comer momentos privilegiados de convivência e prazer. Reavalie como você tem usado o seu tempo; e identifique quais atividades poderiam ceder espaço para a alimentação.

No dia a dia, procure locais que servem refeições feitas na hora e a preço justo. Restaurantes de comida a quilo podem ser boas opções; assim como refeitórios que servem comida caseira em escolas ou no local de trabalho. Evite redes de fast-food.

Avalie os rótulos e questione as empresas para obter informações completas dos produtos que você coloca no carrinho. Estimule outras pessoas, particularmente crianças e jovens, a fazerem o mesmo.